domingo, 11 de outubro de 2009

#9 Alguém sugere título?

Caso queira, pode sugerir um assunto para escrever.
Simplesmente fico pensando na clássica frase "tédio com um T bem grande pra você", de uma música da (inesquecível) banda Legião Urbana. E, falando em Lehgião Urbana, lembro que existem muitas, muitas músicas que realmente mexem comigo.
Ultimamente, a única música que me fez refletir, sonhar e chorar foi a "Love in the Afternoon". Não por pensar que "os bons morrem jovens", que "me apaixono todo dia e é sempre pela pessoa errada", mas por pensar que "você foi embora cedo demais".
A nostalgia, o sentimento reprimido, a amargura.
A dor, a culpa, o desejo.
O abraço apertado. A fé.
Sinto que é estranho escrever sobre sentimentos direto do computador 33 de uma lan house.
Penso que é estranho pensar em tudo isso mesmo cercada de amigos.
Penso que, se não fossem eles, ewu seria uma pessoa extremamente amargurada.
Penso, logo valorizo as coisas simples que me cercam.
Penso, e é sempre na pessoa errada.
.
Acabou o café.

3 comentários:

  1. É tão bom quando a gente consegue sorrir com as coisas simples da nossa vida, inclusive os pequenos erros, aqueles simples.

    ResponderExcluir
  2. É melhor ainda quando temos alguém pra sorrir conosco. :)

    ResponderExcluir
  3. I liked the final cut which highlights the barrier that lies between the abstract and the reality; feelings and the place where you really are. Outstanding!

    ResponderExcluir