quinta-feira, 11 de agosto de 2011

#46 Café Estação

Ele era macchiato
Sorriso au lait, olhar espresso
Confesso que me tornei percolado
Ele lungo, doce e amargo.

Ristretto que trouxe comigo
Na simplicidade de um pingado
O gosto de um marrochino
Daquele café, enamorado.